Vi•tao Personal Studio

5 dicas para voltar aos treinos com segurança

29 jan, 2021 - / /

Atleta hidratando durante os exercícios

Os meses em casa devido a pandemia de Covid-19 reduziram o tempo dedicado à prática de atividade física. Com a liberação de espaços como parques e academias, podemos voltar aos treinos, mas não dá para “tirar o atraso” de uma hora para outra. O ritmo do retorno vai depender de como foram os hábitos durante o isolamento. É natural que tenha ocorrido uma redução dos níveis de condicionamento e massa muscular, mesmo para quem continuou fazendo exercícios dentro de casa.

De maneira geral, o indicado é respeitar os próprios limites e voltar gradualmente, reiniciando os exercícios com intensidade ou carga menor do que a que estava acostumado antes da quarentena. É preciso lembrar também, dos cuidados para se proteger do coronavírus ao frequentar os espaços.

Levando-se todos esses fatores em consideração, vamos às dicas:

  1. Não faça nada radical e principalmente sem acompanhamento de um profissional, seja para a prática de atividade física ou para os cuidados com alimentação.
  2. O ideal é voltar de forma mais leve. Aquecimento, alongamento, exercícios que combinam força e cardiorrespiratório e relaxamento.
  3. Preste atenção aos sinais do corpo. Os sintomas compatíveis com hipoglicemia são: náusea, respiração ofegante e tontura. Quando isso acontecer, pare imediatamente e providencie algo para comer. Pode ser uma barrinha de cereal, uma fruta fresca ou seca, como uva, ameixa ou banana.
  4. Não esqueça de beber água.
  5. Aos poucos, com o passar dos treinos, a carga mais pesada pode voltar, assim como exercícios que exijam mais do corpo. O importante é buscar o equilíbrio entre carga, volume e intensidade.

No Vi•tao Studio, além das medidas de segurança temos dado especial atenção a esses cuidados. O espaço e os aparelhos são higienizados com regularidade maior para evitar possível contaminação com o novo coronavírus. Além disso, os tempos de resposta aos treinos e o limite do corpo de cada aluno também é respeitado.

O Método Bergamaschi faz com que a atividade física seja um processo que traz, além de todos os benefícios, o cuidado para ajudar as pessoas a “desacelerar” e, consequentemente, a diminuir o estresse tão comum hoje em dia e que ficaram evidentes com a pandemia.

Ao voltar aos treinos, lembre-se também de que um comportamento alimentar equilibrado ao longo do dia, melhor gestão do estresse aliados a treino físicos de intensidade progressiva, com acompanhamento individual personalizado e completo (que envolve exercícios de força, treinamento aeróbio, alongamento e relaxamento) constitui receita certa para uma melhor qualidade de vida, saúde e boa forma física e mental.

Foto: de Anna Shvets no Pexels

>